Na internet você esta sujeito a encontrar inúmeros tipos de textos devido à liberdade de expressão que nela possui. Mas o texto jornalístico online precisa ser curto devido ao contexto de que a leitura através da tela torna-se mais cansativa, é a maneira de prender o leitor por um determinado momento, mesmo que esse tempo não dure muito. Alguns jornais tentam colocar em um mesmo padrão do impresso, podemos perceber na abertura do site, como do diário, por exemplo, existe aquela manchete “gritante” com o mesmo designe do impresso, cores e formatos, até as opções nas laterais que vão direto aos cadernos (polícia, cultura, etc) a diferença é que na internet a pessoa pode ter acesso a uma informação mais detalhada, pois em um simples “clique” pode recorrer à outra tela e ver mais exemplos relacionados ao assunto em questão.

Nielsen diz que 79% das pessoas não lêem textos completos na web, ao invés disso folheiam as páginas procurando por palavras-chaves ou escaneiam, por isso é necessário que dentro de um texto online tenha hiperlinks que além de ser um diferencial do jornalismo online facilita muito o entendimento do leitor levando ele a ter uma leitura mais profunda de um determinado assunto “reduza o texto sem sacrificar a profundidade do conteúdo, dividindo a informação em múltiplos pontos conectados por links de hiper textos” ele afirma.

Existem diferente níveis de pirâmide invertida para a construção do texto na web.

Primeiro Nível: expor e desenvolver o primeiro assunto ou anunciar ou antecipar todos os sucessivos. É a jogada da pirâmide invertida que leva primeiramente ao fato mais importante ao menos importante. O capitulo 3, item 3.3 do livro mostra o primeiro nível, que recorre aos fatos serem publicados em ordens decrescentes de informação promovendo então uma leitura linear.

Segundo Nível: já o capitulo 3, item 3.4 mostra o segundo nível, onde a leitura já não ‘e mais linear e passa a ter em vários parágrafos pequenas pirâmides invertidas dentro de uma grande pirâmide invertida.

Esse nível possui duas possibilidades para utilização de intertítulos:

1-     Como entidade externa a pirâmide invertida, como parte da pirâmide invertida.

2-      O texto pode ser fragmentado, ou seja, cada intertítulo pode se converter em uma pagina diferente. Apos uma introdução os links levariam a cada uma delas

Terceiro Nível: O usuário constrói a sua própria rotina de navegação, e constrói a sua própria pirâmide invertida. Esse é o estágio 3. Onde o autor coloca hiperlinks relacionados ao assunto em questão em diferentes lugares da página, os links não se interligam entre si mas no assunto principal que leva o leitor a uma pesquisa ainda mais clara e concisa.

A pirâmide invertida horizontal: Ordem de importância em que os elementos são colocados no título ou no parágrafo. No sentindo de que as noticias mais importantes ficariam ao lado esquerdo e a menos importante para o lado direito.

Os estratos mais profundos da informação podem ou não estar obedecendo as regras da pirâmide invertida, essa situação depende muito do autor/editor. Depende muito também do tamanho da informação, a pagina 64, explica que não faz sentido dividir um texto pequeno, de acordo com a intensidade da informação é que o autor vai decidir a que lado percorrer. Mas uma coisa é certa, o texto não pode ser muito longo, é uma das regras básicas para o texto de web.